segunda-feira, 30 de junho de 2014

Soneto avesso


O mundo está doido!
Prestem atenção:
O mundo está doido!

Buzinas, brigas, mortes,
Escândalos, vândalos, azares,
Sortes... enfim...

O mundo está doido!
Os humanos que constituem sua raça inútil,
Colocaram o mundo ao avesso,
Ao avesso como esse soneto... ao avesso, como o que digo.

O mundo está doido!
Está virado de pernas para o ar.
Se segurem e respirem fundo, se é que sabem respirar...
O mundo está doido!

Simon-Poeta

Sua Opinião:

0 comentários:

Enviar um comentário