domingo, 29 de junho de 2014

Saudosismo

Estou cheio de saudades,
saudades do que existe
e do que desapareceu...

Estou vivendo de passado
de caixas retalho,
vivo como as traças
nas velhas gavetas
e nas poeiras das estantes...

Nem sei como vivo,
se o hoje já não me interessa,
só ilumina meus olhos o passado
e o resto que ainda
lhe resta...

Sua Opinião:

0 comentários:

Enviar um comentário