segunda-feira, 30 de junho de 2014

Janeiro

Engraçado que o nome dele é
E tudo começou em Janeiro
Hoje é mês Junho
Depois Julho
E ainda o pensamento é dele.

Somos um "caso",
Que por "a caso"
Existe sentimento.

Não sente quem sente "mais"
Não sei quem sente o "mesmo"

Talvez não é nada
E sim
Uma ilusão do meu disfarce
Chamado "tempo".

Ele é doce e correto
Com aqueles olhos bons e bonitos
Diferente e interessante

Sua Opinião:

0 comentários:

Enviar um comentário