domingo, 20 de abril de 2014

Roberto Carlos: 73 anos


Tantos momentos
Embalados por suas canções...
Os mais marcantes
Permanecem vivos na história de minha vida
E persistem na vida da história.

Momentos tristes, felizes, reflexivos...
Momentos de dor, alegria mas, principalmente,
Momentos de AMOR.

Ensinaste-me o que é amar:
Entregar-se, doar-se sem pedir nada em troca...
Amar é ceder, dividir, conjugar;
Deixar-se levar por um sentimento inexplicável pelo homem
Mas que se torna fácil de entender
Quando sai de sua boca, oh, Roberto.

Vidas embaladas em nascimentos
Sua voz calma vem e reina...

Vidas embaladas por amores
Sua voz romântica, fica...

Vidas embaladas em decepções
Sua voz triste, permanece aqui...

Olhar marcante
Sorriso infindo.
Roberto, teu jeito lindo
De falar do amor...
É convincente tudo o que dizes
E comovente o que profanas.

Roberto, este poema é meu,
Mas se faz de quem também, tanto te ama.

Um poema de Simon-Poeta em homenagem ao Rei da música, Roberto Carlos (meu cantor favorito)

Sua Opinião:

0 comentários:

Enviar um comentário