segunda-feira, 17 de março de 2014

Tom Sarcástico


Não sabes, mas eu fico louca
Quando fecha a boca e me recebe com um beijo
E depois sentes desejo por mim
E assim confessas que não mais me ama
Me leva pra cama e diz que sou inútil

Gosto quando teu rosto peludo
Encosta no meu, desnudo, entrega-me teu
Ser, e assim vou viver
Viva por mim
Pra minha paixão
Seu tom sarcástico
Meu astro

Diz-me, que não me queres mais
Que não é capaz de viver comigo
Consigo acreditar no que faz
E às vezes até choro contigo

Mas minha sorte é que a morte
Não nos quer mais
Capazes nós somos
Sou sua menina
E és meu rapaz

“Oh, minha menina, eu não sou seu rapaz
Nem nunca fui”
Gosto deste tom sarcástico
Aposto que morres por mim
E no fim das contas
Quem chora sou eu
Sou eu

Não vivo sem você
E sei que sem mim não sabes viver
Por isso
Ama-me
Ama-me
Ama-me

Sabes que teu som
O teu tom sarcástico
É elástico
Pelo nosso país
Viva feliz
Com suas mentiras
Não finja pra mim
Meu amor
Seja capaz
De me dar
O que mereço
Isso pra mim não tem preço
(BIS)

Simon-Poeta

Sua Opinião:

0 comentários:

Enviar um comentário