domingo, 23 de fevereiro de 2014

Amor a você

Nunca fui capaz,
Nessa vida quiçá outrora,
De amar ninguém como a amo.
O amor por você fui capaz de descobrir
E agora não posso desistir da felicidade que espero ter. Esse gostoso sentimento que está a me envolver,
Mas continuo sem você,
Venha sanar a minha dor,
Venha para o meu lado,
Como sempre houve de ser.
Grito com veemência
Para o mundo inteiro ouvir
Eu amo você,
E isso jamais cairá no esquecimento,
Sempre estarei a lembrá-la que amo você
E sem sua companhia nada posso ser.
De uma amizade inocente
Nasceu o amor agora forte
E estridente que grita
Aos meus ouvidos
E ao meu coração reprime,
Pois sei que sem você já não posso viver,
Seria apenas um louco na escuridão.
Te garanto já disse muitas vezes que nada é eterno,
Hoje volto atrás com pesar do erro,
Descobrir que meu amor não pode acabar,
Ela ao meu lado sempre terei,
E espero que a você também.
Saiba que ao acordar na manhã aurora
E vê o sol a sua janela há alguém a te amar,
Quando fechares os olhos em sua cama
Há alguém a te amar,
A cada respirar seu espero estar lá a te amar.
Que os anjos um dia escutem meu pedido
E do meu amor você deixe de duvidar,
Porque eu nunca vou deixar de ter amar,
E com minha única arte que resta,
A das palavras,
Cantarei o meu amor a ti
Pois nunca deixarei de ter amar!



Sua Opinião:

1 comentários:

Enviar um comentário