terça-feira, 12 de novembro de 2013

ODE A CLAUDIANE

Tu és bela, teu rosto
é sereno, tem
em ti o ar de natureza
e nos olhos a esperança
que tem, todas as que
tem a grandeza.

Teu nome é angelical,
tão bela quanto a poesia
que emana da tuas mãos,
tem olhar sincero,
e carrega no peito a doce
e velha emoção.

É secreto seu caminho,
que terá glórias e amores,
é tão rico os sabores,
que sentem poucos sortudos
que lhe cercam. Tua fineza é
a palavra que sai de tua boca.


Abre janela a muitos pequenos,
que ainda a outros hão de abrir,
traz a vertente mais pura do conhecimento,
dominando a profissão que até um
imperador quis seguir, tu és nobre em
seu caminho, tu és o sonhado destino.

Tu és Claudiane.

Em homenagem a Claudiane Ferreira de Souza

Sua Opinião:

0 comentários:

Enviar um comentário