sexta-feira, 6 de setembro de 2013

A Luta

Uma flor em uma cidade,
Qual sua chance de sobrevivência?
Nenhuma, mas sua força de vontade,
Era de viver, sem se importar com a carência.
Perseverante,
Lutou até o fim,
Confiante,
Tomou forças e serviu de exemplo pra min.
Logo me coloquei à pensar,
Que coragem,
Preferiu arriscar,
Do que deixar sua vida em desvantagem.
De tanto lutar conseguiu,
Já esmagada pelo estreito asfalto que te prendia,
Foi pisada e esmagada, pois ninguém à viu,

Mas mesmo assim, quanta sabedoria!

Simon-Poeta

Sua Opinião:

0 comentários:

Enviar um comentário